segunda-feira, 27 de maio de 2013

Nota de Esclarecimento do CABIS - Trote 2013.1

Ao tomar conhecimento de que estudantes veteranos dos 4 bacharelados interdisciplinares do Instituto de Humanidades Artes e Ciências (IHAC) estariam organizando um “segundo” trote para os calouros ingressos no semestre 2013.1, o Centro Acadêmico do Bacharelado Interdisciplinar em Saúde (CABIS) vem a público prestar os esclarecimentos a seguir:
A gestão “Há braços de luta!” do Centro Acadêmico do Bacharelado Interdisciplinar em Saúde (CABIS), através dos seus membros, colaborou na elaboração, construção e realização da II Semana da Recepção Unificada Interdisciplinar (REUNI) na qual tinha como objetivo recepcionar os calouros em seu primeiro contato com a Universidade Federal da Bahia (UFBA), promovendo uma série de atividades durante o período de 13 a 17 de maio de 2013. Dentre as atividades realizadas, destacamos a palestra denominada “Desmistificando o Trote”. Tal palestra pretendia desconstruir a ideia que temos de “trote”, demonstrando, através de material expositivo e de um bate-papo com os estudantes, que o “trote” não precisa ter o caráter opressor que costuma ter nos mais diversos cursos desta e de outras universidades, o que foi demonstrado na prática no evento cultural que ocorreu ao final da REUNI, no dia 17 de maio deste ano.
O trote, em vários momentos disfarçado como um “rito de passagem”, muitas vezes ultrapassa o limite do bom senso, expondo os estudantes recém ingressos na universidade à situações desnecessárias e até mesmo assumindo um cunho racista, sexista e homofóbico, altamente condenados pelo CABIS. Acreditamos que só há um motivo para o trote existir: integrar os(as) estudantes do curso através de um momento de confraternização. Somos contra as ameaças (mesmo que não haja a intenção de concretizá-las), defendemos a inexistência de um grupo dominante e outro que seja dominado, condenamos quaisquer brincadeiras que possa atingir a honra, sexualidade, gênero e religião dos estudantes (mesmo as brincadeiras mais sutis). Ressaltamos que o evento que ocorreu no último dia 17 de maio foi aberto para qualquer estudante participar, desde que este aceitasse e se inteirasse sobre as condições para participar das brincadeiras, havendo inclusive um termo de responsabilidade assinado por todos os(as) estudantes que participaram da atividade.
Diante do exposto direcionamos esta mensagem a todos os calouros e calouras do semestre 2013.1, em especial aos ingressos deste semestre do Bacharelado Interdisciplinar em Saúde, a fim de que saibam que não são obrigados(as) a participar de nenhum trote que por ventura possa ocorrer. Não são obrigados(as) a realizarem as brincadeiras que serão colocadas de forma imperativa. Além disso, nos colocamos a disposição para auxiliar em eventuais problemas que possam ocorrer no que diz respeito a realização do trote supracitado.
Por fim queremos deixar claro que, por não fazermos parte da organização do(s) trote(s) em questão, não podemos afirmar que este(s) fortalecerá(ão) os estigmas e preconceitos tão enraizados em nossa sociedade e citados acima. Ressaltamos que todos e todas têm liberdade para realizarem quaisquer atividades, assim como participarem das mesmas, contudo achamos necessário que este esclarecimento ocorresse, pois um dos grandes objetivos e pretensões da REUNI e dos BI’s é realizar uma mudança cultural. Abalar as velhas estruturas que ainda estão erguidas em nossa sociedade, mas que já começam a ruir, e incluímos aqui também o famigerado “trote”. Para não sermos incoerentes, fez-se necessário esta nossa manifestação.
Para os que darão continuidade a ideia deste segundo trote, destacamos a importância de que a integridade física e psicológica dos(as) estudantes seja preservada. Que haja completo respeito para quem optar por não participar, sem ameaças ou qualquer tipo de pressão. Para finalizar de fato, convidamos a todos e a todas para construirmos a III Semana da Recepção Unificada Interdisciplinar a fim de que continuemos neste processo de desconstrução mencionado acima, assim como para que todos e todas construa e participe do trote, como aconteceu na REUNI deste ano, sem a necessidade da realização de “segundos” trotes.


Centro Acadêmico do Bacharelado Interdisciplinar em Saúde - CABIS

Gestão: “Há braços de luta!”


Salvador, 27 de maio de 2013

Reações:

1 comentários:

  1. Nem li mas... quem disse que o trote está sendo obrigado e que as brincadeiras serão colocadas de forma imperativa?!
    Os calouros sabem que são totalmente livres para escolher participar ou não.. o objetivo do "segundo" trote é apenas uma maior integração!

    ResponderExcluir